Resenha: A garota que eu quero

Olá, pessoas!!

Hoje vim falar um pouco sobre livros.

Vou começar  a compartilhar um pouco com vocês sobre o que eu ando lendo e dizendo também sobre minha opinião e análise do livro de uma forma geral, ok?


O último livro que li foi A garota que eu quero, escrito pelo autor Markus Zusak, mesmo escritor de a menina que roubava livros que dá pra ver bem destacado na capa do livro, pois acredito que é o livro de maior sucesso escrito por ele até agora. E me interessei pelo livro um pouco pela sinopse mas saber que foi ele quem escreveu teve muito mais peso pra que eu começasse a ler este livro, uma vez que já li a menina que roubava livros e gostei bastante no final, então, queria ver como seria um livro escrito por ele que tem uma abordagem bem diferente, é mais voltado para o romance e os problemas do jovem principal.

Antes de falar sobre o que achei um pouco sobre a história vou deixar aqui em baixo a sinopse do livro pra quem ainda não leu e gostaria de ler sobre o livro antes de ler o que eu achei sobre ele.

Sinopse: O Rube nunca amou nenhuma delas. Nunca se importou com elas. Nem é preciso dizer que Rube e eu não somos muito parecidos em matéria de mulher. Cameron Wolfe é o caçula de três irmãos, e o mais quieto da família. Não é nada parecido com Steve, o irmão mais velho e astro do futebol, nem com Rube, o do meio, cheio de charme e coragem e que a cada semana está com uma garota nova. Cameron daria tudo para se aproximar de uma garota daquelas, para amá-la e tratá-la bem, e gosta especialmente da mais recente namorada de Rube, Octavia, com suas ideias brilhantes e olhos verde-mar. Cameron e Rube sempre foram leais um com o outro, mas isso é colocado à prova quando Cam se apaixona por Octavia. Mas por que alguém como ela se interessaria por um perdedor como ele? Octavia, porém, sabe que Cameron é mais interessante do que pensa. Talvez ele tenha algo a dizer, e talvez suas palavras mudem tudo: as vitórias, os amores, as derrotas, a família Wolfe e até ele mesmo.

fonte: http://www.skoob.com.br

Continuar lendo

Anúncios
Vídeo

Vídeo: Os melhores clipes do mês

Olá, pessoas!

Hoje vamos falar um pouco de música! Yay

Confesso que este mês eu não estou uma pessoa louca atrás de novas músicas e hits pra sair por aí escutando pra dançar e dar um relaxada como faço de costume, estou escutando e me contentando com “as velhinhas” mesmo.

Mesmo que não esteja caçando por aí sobre esse assunto, visualizando aqui e ali algumas páginas aleatórias alôócio acabei de deparando com alguns video músicas que me deixaram com os olhos brilhando.

O primeiro deles há um tempo atrás, referente ao novo clipe do Ed Sheeran de um dos singles do seu novo quenãoétãonomais album “X”: Thinking out loud.

Neste clipe o cantor deixou a zona de conforto e foi dançar, minha gente!! Pense na minha cara de espanto quando vi. E confesso que me surpreendi com a tão bom perfomance do cantor e a linda coreografia criada para essa música. Li também, que ele perdeu alguns quilos durante o processo.

Confira ao clipe:

Continuar lendo

Citação

Série: Sobre a decepção em Faking it

Olá, pessoas!!

Hoje estou aqui pra compartilhar um pouco da minha decepção com o último episódio lançado na nova série da MTV intitulada Faking it.

Pra quem não sabe esta série pode ser considerada nova até já que foi lançada neste ano de 2014, mas já está em sua segunda temporada, pois as séries da MTV não costumam ter temporadas muito longas.

O enredo se resume, basicamente em duas amigas, protagonistas, que devido as situações da vida acabam sendo confundidas não apenas como duas amigas mas sim um casal lésbico. Elas estudam numa escola totalmente utópica, onde o diferente é considerado legal e, quanto mais diferente e mais deslocado maior será seu nível de popularidade. As duas amigas, Karma e Amy, ao perceberem que este pode ser um meio de conseguirem a tão sonhada popularidade, decidem abraçar o engano e fingirem que realmente são um casal lésbico.

Enfim, a questão é que estou acompanhando esta série desde que ela começou e, apesar de não tem um enredo não tão adulto é bem divertido e mostra situações diferentes do que estamos acostumados a ver nas tramas de séries.

Até que… Esta semana lançou o terceiro episódio da segunda temporada e eu fiquei extremamente chateada com a série.

Confiram a promo do episódio:

Continuar lendo

Vídeo

Filme: Maze Runner – Correr ou morrer

Olá, pessoas!

Há quanto tempo, não? Pois é… Tenho estado bem ocupada nos últimos dias e com a menor disposição possível quevergonha. Mas é a vida!!

Pra começar de verdade o post de hoje, quero falar que fui ver esse filme pois estava na expectativa, já que eu já havia lido o livro e o filme traria o meulindo Dylan O’brien como protagonista do filme. Já cheguei a fazer uma resenha sobre o livro e, você pode dar uma olhada nela clicando aqui.

Fui ver o filme no último sábado, 20/09, com a minha querida irmã que não leu o livro e adianto que ela amou.Então,deixo claro, desde já, que pra quem ainda não assistiu, vale muito a pena ver!!

Continuar lendo

Vídeo

Filme: Se eu ficar

Olá, pessoas!!

Hoje o assunto é filme e o filme escolhido é o Se eu ficar que assisti no dia 05/09, um dia após o lançamento do filme aqui no Brasil, se não estou enganada.

Acredito que o post vai acabar ficando curtinho, pois eu acho que não tenho uma opinião muito certa sobre ele, mas como eu já havia feito um post anteriormente sobre os filmes que estava com muita vontade de ver e este estava na lista, acredito que devo dar ao menos um parecer sobre ele hahaha.

Pra quem ainda não leu o post ao qual estou me referindo é só clicar aqui, nele já tem a sinopse e o trailer pra quem ainda quiser dar uma conferida pra contextualizar melhor.

Continuar lendo

Citação

Resenha: Maze Runner – Correr ou Morrer

Oláa, pessoas!!

Como eu já disse pra vocês, estava com vontade de começar a ler a série Maze Runner, pois o filme está prestes a lançar e queria ter noção da história como um todo e talvez me animar mais pra esperar a estréia do filme, que parece que será um sucesso.

A série é uma trilogia, mas existe um livro adicional, que até onde eu sei, remete a uma história a parte, que seria anterior ao Correr ou Morrer (livro 1).

Sinopse Livro 1: Ao acordar dentro de um escuro elevador em movimento, a única coisa que Thomas consegue lembrar é de seu nome. Sua memória está completamente apagada. Mas ele não está sozinho.
Quando a caixa metálica chega a seu destino e as portas se abrem, Thomas se vê rodeado por garotos que o acolhem e o apresentam à Clareira, um espaço aberto cercado por muros gigantescos. Assim como Thomas, nenhum deles sabe como foi parar ali, nem por quê. Sabem apenas que todas as manhãs as portas de pedra do Labirinto que os cerca se abrem, e, à noite, se fecham. E que a cada trinta dias um novo garoto é entregue pelo elevador. Porém, um fato altera de forma radical a rotina do lugar – chega uma garota, a primeira enviada à Clareira. E mais surpreendente ainda é a mensagem que ela traz consigo.
Thomas será mais importante do que imagina, mas para isso terá de descobrir os sombrios segredos guardados em sua mente e correr, correr muito.

Continuar lendo